Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

BlockChain: OAB do Distrito Federal faz uso da Tecnologia

Blockchain utilizado para democracia junto a OAB do Brasil.


BlockChain famoso por sua utilização nas criptomoedas, está a cada dia ganhando mais e mais funções. Depois das Forças Armadas norte americanas demonstrarem o interesse pela tecnologia, aplicando-a em seus processos de contratos e nos seus drones e satélites. Chegou a vez de um uso mais democrático da tecnologia.

Agora o ocorrido foi aqui no Brasil lá em Brasília, quando a OAB utilizou o BlockChain para eleger o seu representante no tribunal de justiça brasiliense.

OAB e a BlockChain deu certo

A Ordem dos Advogados do Brasil  (OAB), no Distrito Federal utilizou uma ferramenta baseada no BlockChain para eleger o seu represente no tribunal de justiça em Brasília, que é comumente conhecido como Quinto Constitucional.

Assim por meio do BlockChain, que é a tecnologia utilizada nos famosos e polêmicos Bitcoins. Foram computados mais de 7 mil votos dos advogados.

Com o intuito de realizar a eleição da melhor maneira possível, a Ordem dos Advogados contratou uma empresa espanhola para realizar o processo de eleição.

A Scytl que é especializada em eleições eletrônicas, permite que você realize a votação de qualquer lugar do país através de um aparelho celular.

A diretora da empresa explicou o porquê foi utilizado este tipo de tecnologia na votação, ela disse:

- Advertisement -

“O objetivo era ter acesso aos votos de advogados brasileiros em território nacional e pelo mundo”.

Então, para realizar a eleição a empresa utilizou os recursos da chamada NotarChain. Este por sua vez é um sistema de verificação BlockChain que é utilizado para dar garantia em a atos de registros em cartórios.

Assim a eleição teve mais de 20 mil votos registrados, dos mais de 7 mil votantes, isso representa 23,69% dos advogados hábitos a votar.

 “Considerado o blockchain dos notários, a rede assegura às autoridades e participantes todas as etapas da votação e garante a segurança jurídica dos resultados”, diz o Colégio Notarial do Brasil, que lançou a ferramenta.

Mas afinal, o que é o BlockChain?

De uma forma bem simples, o BlockChain é um sistema que permite o rastreio do envio e recebimento de alguns tipos de dados pela internet.

Assim, são na verdade pedaços de códigos que carregam informações conectadas. Como bloco de dados que formam uma corrente, por esta razão ganhou o nome de BlockChain.

É esse sistema que permite o funcionamento e transação das chamadas criptomoedas, ou moedas digitais.

O BlockChain foi de fato criado especificamente para o Bitcoin. No entanto, como podemos ver a sua utilização vai além das criptomoedas.


Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!