Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

UFC 246: Conor McGregor deu um verdadeiro show no primeiro evento do UFC em 2020, confira

Encerrou há poucos minutos, já nas primeiras horas deste domingo (19), mais uma edição do UFC. O evento foi o “UFC 246“, realizado na capital mundial do entretenimento, Las Vegas (EUA). Para os amantes de MMA que estavam com saudades, 2020 enfim começou para o UFC.

O UFC 246 não contrariou o costume dos eventos do UFC e proporcionou combates impressionantes. Apesar de contar com apenas um brazuca, o manauara Carlos Diego Ferreira, o evento teve muitos lutadores conhecidos do público brasileiro de MMA.

Confira a programação dos eventos do UFC em 2020 (1º trimestre)

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos, Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, em primeira mão.

A luta principal do UFC 246 – Conor McGregor vs Donald Cerrone

Conor McGregor foi simplesmente impressionante! Ou seria arrasador? Implacável, preciso, impiedoso, brutal? Qualquer um desses adjetivos poderia descrever a performance do irlandês. Ou melhor, todos esses adjetivos.

Com apenas 40 segundos de luta o irlandês falastrão resolveu a parada. Logo no início do combate ambos partiram pra luta. Com um pouco de sorte e meio sem querer, McGregor acertou uma joelhada em Cerrone. Na sequência houve um clinch e mesmo no clinch McGregor usou sua genialidade, desferiu duros golpes de ombro.

Reprodução UFC 246 / McGregor Genial, atordoando Cerrone com ombradas
Reprodução UFC 246 / McGregor Genial, atordoando Cerrone com ombradas

Poucos instantes após as ombradas que tiraram a visão do Cowboy, McGregor acertou um chute alto de esquerda na cabeça do norte-americano levando-o à lona. O que permitiu o nocaute na sequência com duros golpes interrompidos por Herb Dean.

Confira: Mortal Kombat 11: Coringa aparece em gameplay arrasador

Reprodução UFC 246 / chute alto que levou Cerrone à lona
Reprodução UFC 246 / chute alto que levou Cerrone à lona
Reprodução UFC 246 / Conor McGregor comemorando a vitória no UFC 246
Reprodução UFC 246 / Conor McGregor comemorando a vitória no UFC 246

O Card Principal do UFC 246

Único brasileiro no evento de abertura do UFC em 2020, Carlos Diego Ferreira (que vinha de 5 vitórias consecutivas) enfrentou o ex-campeão da categoria “peso-leve” do UFC Anthony Pettis.

Reprodução canal combate / UFC 246
Reprodução canal combate / UFC 246 / Carlos Diego Ferreira
Reprodução canal combate / UFC 246
Reprodução canal combate / UFC 246 / Carlos Diego Ferreira estrangulando Anthony Pettis
Reprodução canal combate / UFC 246
Reprodução canal combate / UFC 246 / Carlos Diego Ferreira em entrevista após vitória

Para iniciar o ano com o pé direito, nada melhor que uma bela vitória para o Brasil. Carlos Diego encerrou a sua luta com um mata-leão a 1 minuto e 46 segundos do segundo round. Confira abaixo todos os resultados do card principal.

  • Conor McGregor venceu Donald Cerrone por nocaute em impressionantes 40 segundos de luta
  • Holly Holm venceu Raquel Pennington por decisão unânime (30-27,30-27 e 29-28)
  • Alexey Oleinik venceu Maurice Greene por finalização com uma chave de braço a 4 minutos e 38 segundos do segundo round
  • Brian Kelleher venceu Ode Osbourne por finalização a 2 minutos e 49 segundos do primeiro round
  • Carlos Diego Ferreira venceu Anthony Pettis por finalização a 1 minuto e 46 segundos do segundo round

Veja também: Free Fire: GOD Desbanca Los Grandes E Assume A Liderança Da Liga NFA

Os resultados do Card Preliminar

Um dos destaques do card preliminar ficou com a norte-americana Maycee Barber, que aguentou até o final, apesar da lesão ocorrida durante o combate (ligamento cruzado de seu joelho esquerdo).

Reprodução do Twitter UFC / Roxanne Modafferi vs Maycee Barber
Reprodução UFC / Roxanne Modafferi enfrentando Maycee Barber,
que sente lesão no joelho esquerdo

Infelizmente o “coração” da Barber não foi suficiente e ela acabou perdendo por pontos, em decisão unânime. Veja abaixo todos os resultados do card preliminar.

  • Roxanne Modafferi venceu Maycee Barber por decisão unânime (30-27, 30-27 e 30-26)
  • Sodiq Yusuff venceu Andre Fili por decisão unânime (triplo 29-28)
  • Askar Askarov venceu Tim Elliott por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
  • Drew Dober venceu Nasrat Haqparast por nocaute técnico a 1 minuto e 10 segundos do primeiro round
  • Aleksa Camur venceu Justin Ledet por decisão unânime (30-27, 29-28 e 30-27)
  • Sabina Mazo venceu JJ Aldrich por decisão dividida (29-28, 29-28 e 28-29)

Você pode gostar: Power Rangers: Battle for the grid terá circuito competitivo