Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Copa América de Free Fire: Loud campeã e Corinthians em 4º, saiba mais

Terminou na noite deste sábado (11) a Copa América de Free Fire, a grande campeã foi a equipe brasileira Loud, que com dois booyah e resultados consistentes, dominou a competição e venceu com folga.

O Corinthians Free Fire, atual campeão mundial, chegou na última rodada com muitas chances de pódio, mas acabou ficando em quarto. A outra equipe brasileira, Pain, ficou apenas em nono.

O torneio, que aconteceu na Cidade do México, reuniu três representantes de cada uma das quatro regiões de Free Fire na América. As 12 equipes se enfrentaram em seis quedas com mapas alternados entre Bermuda e Purgatório.

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos, Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, em primeira mão.

Veja também: Free Fire: AmazonCripz domina segunda rodada da Liga NFA, B4stards corre perigo

Loud coroada campeã continental de Free Fire

A Loud mostrou muita estratégia durante todo o torneio, na primeira queda ficou com apenas um jogador vivo logo cedo, mas conseguiu segurar os pontos e terminar em sétimo. Na segunda e quarta conseguiram o booyah no mapa Purgatório, agindo com muita inteligência em situações de trocação tripla.

Após ficar em segundo na quinta queda, abriu larga vantagem sobre as outras equipes. Então, jogou a última rodada com paciência, não entrando em conflitos desnecessários e garantindo o merecido título.

A equipe, que havia terminado a última Pro League na segunda colocação, foi muito criticada no Campeonato Mundial por ter tido uma performance abaixo da média. Agora, eles se redimiram e são campeões continentais de Free Fire.

Confira: Copa América de Free Fire dá Passe de Elite e outros prêmios aos jogadores, saiba como receber

Corinthians Free Fire chega perto do pódio

O Corinthians Free Fire começou muito mal, sendo o penúltimo colocado na primeira queda. Depois subiu de produção, com dois terceiros lugares com muitas kills na segunda e quarta queda, voltou a luta pelo título.

Porém, tiveram um resultado ruim na quinta queda, o que fez com que entrassem a última rodada lutando apenas pelo pódio. E nessa última partida foram muito bem, chegando na safe final no mano-a-mano com a equipe Naguará.

A vitória nesta trocação garantiria o pódio, no 2v2 NoBru e Pires decidiram se manter afastados, enquanto a dupla da equipe mexicana decidiu fazer um rush em conjunto. NoBru conseguiu abater um e deixar o outro miado, mas Pires não conseguiu vencer o x1 e a equipe brasileira ficou fora do pódio.

A Naguará foi o destaque da última rodada, muito embaixo na tabela, a equipe partiu para o tudo ou nada e conseguiu impressionantes 17 kills e o booyah. Isso garantiu a maior pontuação em uma queda no torneio e o segundo lugar.

Reprodução do Youtube de Free Fire
Reprodução do Youtube de Free Fire

Pain mostra habilidade, mas não consegue boas colocações

A Pain jogou todo o torneio de modo agressivo, mostrando muita perícia. Na primeira queda, a tática funcionou, mesmo saindo cedo conseguiram muitos pontos pelo número de abate.

Porém, nas seguintes, acabaram entrando em trocações desvantajosas que impediram um resultado melhor. No final, terminou apenas em nono lugar, mas o talento mostrado pela line faz com que o futuro da equipe seja bem promissor.

Reprodução do Youtube de Free Fire
Reprodução do Youtube de Free Fire

Premiações da Copa América de Free Fire

Esta foi a primeira edição da Copa América de Free Fire, a Loud, equipe campeã, levou U$15 mil em premiações. A Naguará recebeu U$7,5 mil pelo segundo lugar e a Infinity, que completou o pódio, ficou com U$5 mil.

Leia também: Corinthians Free Fire passa vexame e Los Grandes se destaca na Liga NFA