Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Brasil e EUA se enfrentaram na final do basquete do Pan de 87, relembre a partida

No dia 23 de agosto de 1987, Brasil e EUA disputaram a final do basquete do Pan-americano de Indianápolis, nos Estados Unidos. Essa partida marcou a primeira derrota da seleção masculina norte-americana em seus domínios. O duelo foi na Market Square Arena e teve 16 mil pessoas. Saiba tudo sobre basquete brasileiro aqui no site Diário Prime.

Foi a primeira vez que os EUA foram derrotados em finais e a primeira vez que eles tomaram mais de cem pontos em casa. A seleção brasileira teve o ala Oscar Schmidt como grande destaque, pois ele marcou 46 pontos. O Brasil quebrou uma sequência de 34 vitórias seguidas dos norte-americanos e ficou com o ouro do Pan. Acompanhe tudo sobre basquete brasileiro no dbol.

Veja mais: UFC: Em Redes Sociais, Amanda Nunes, Anderson Silva, Paulo Borrachinha E Outros Brasileiros Mostram Rotinas Em Quarentena

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos, Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, em primeira mão.
Banco de reservas brasileiro vibra durante a final de 87. Foto: reprodução/YouTube
Banco de reservas brasileiro vibra durante a final de 87. Foto: reprodução/YouTube

Na época, a conquista do ouro foi considerada a maior vitória do esporte nacional desde a Copa de 1970. Até hoje, o site da seleção dos EUA classifica o desempenho do Brasil como “uma exibição ofensiva que muitos jamais se esquecerão”.

Brasil enfrenta gigante

Apesar de ser composto por atletas universitários, o elenco dos EUA tinha nomes que se tornariam grandes estrelas da NBA no futuro. O lendário pivô David Robinson é um bom exemplo disso.

Pelo Brasil, os grandes destaques eram os alas Marcel e Oscar Schmidt. Basicamente, ninguém acreditava que o Brasil poderia vencer o ouro do basquete no Pan-americano.

Veja mais: UFC: Em Redes Sociais, Amanda Nunes, Anderson Silva, Paulo Borrachinha E Outros Brasileiros Mostram Rotinas Em Quarentena

Nos primeiros dois quartos, os EUA se mostraram fortes no garrafão, especialmente David Robinson, que foi essencial para o jogo dos norte-americanos. No fim do segundo quarto, Marcel acertou uma cesta de três pontos e o placar terminou em 68 a 54 para os Estados Unidos.

Oscar Schmidt durante a final do Pan de 87. Foto: reprodução/YouTube
Oscar Schmidt durante a final do Pan de 87. Foto: reprodução/YouTube

Na segunda metade do jogo, o Brasil demorou a acertar os arremessos, mas, quando acertou, conseguiu virar o jogo e liderar o placar nos últimos minutos. Oscar apresentou uma eficiência gigantesca e, junto com Marcel, garantiu a vitória e o ouro Pan-americano para a nossa seleção. A partida terminou 120 x 115 para o Brasil.

Consequências daquele Pan

Depois dessa partida, as bolas de três pontos ganharam uma enorme importância no basquete mundial. Apesar de existir desde 1979 na NBA, os times dos EUA raramente usavam a linha de três pontos. Jogar como o atual Golden State Warriors nos anos 80 era considerado uma aberração.

Naquela época, as estrelas da NBA não podiam atuar pela seleção dos EUA. Isso só foi mudado a partir de 1992, com a criação do lendário Dream Team. Essa mudança de regra se deve muito a derrota no Pan de 87 e a perda do ouro olímpico para União Soviética em 1988.

Veja o vídeo com a partida completa entre Brasil e EUA:

Assista na íntegra a final do Pan de 87 entre Brasil e EUA

Veja mais: Jojo Todynho revela que tem asma no Instagram e está no grupo de risco