Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Fórmula 1: Vettel teria negado proposta de renovação e Ferrari já teria outro nome

Rumores cada vez mais crescentes indicam que partirá de Sebastian Vettel o primeiro movimento para a dança das cadeiras na Fórmula 1. O jornal italiano Gazzetta dello Sport, trouxe nesta terça-feira (21), uma importante informação sobre o futuro do tetracampeão em Maranello.

Com contrato com a equipe vermelha válido somente até o final deste ano, Vettel teria recusado uma primeira proposta de renovação. A reportagem diz que ele teria ficado descontente com oferta oferecida pelos italianos e pode mudar de ares na Fórmula 1 em 2021. Se precavendo de uma possível saída do piloto alemão, a Ferrari já está de olho em um potencial substituto.

Fórmula 1: Ferrari está de olho em piloto espanhol

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos, Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, em primeira mão.

Leia Também: Hamilton desmente notícia polêmica, mas apaga postagem

Caso a permanência de Vettel não se concretize, o time italiano tentará buscar na McLaren o substituto. De acordo com a Gazzeta, Carlos Sainz é apontado como o principal favorito a assumir o assento que ficaria vago. Na temporada passada, o espanhol foi o “melhor do resto”, ficando em sexto no campeonato, atrás apenas dos pilotos da Mercedes e Ferrari e de Max Verstappen.

Em 2019, Sainz foi o melhor do resto na Fórmula 1. Crédito: Twitter do piloto
Em 2019, Sainz foi o melhor do resto na Fórmula 1. Crédito: Twitter do piloto

O italiano Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, e o australiano Daniel Ricciardo são outros cotados para uma possível vaga de Vettel. No caso do primeiro, facilitaria o fato dele correr em uma equipe parceira da Ferrari e viria sem custo. Já no caso do piloto da Renault, que já chegou a ser especulado no time, conta a favor sua experiência.

Fórmula 1: alemão não teria gostado da redução dos salários

Leia Também: Campeão não inclui Massa e Barrichello da lista dos Melhores Contra Quem Correu

A pandemia do coronavírus impactou diretamente nas finanças das equipes de Fórmula 1. Com isso, muitos contratos estão sendo revistos e no caso de Vettel a proposta que foi lhe oferecida inclui uma diminuição em seus vencimentos. Mas o alemão não teria gostado de ver seu salário cair de 27 milhões de euros para 12 milhões de euros anuais.

Outro ponto a desagradar Vettel seria a duração do novo acordo proposto, que seria apenas para a temporada do ano que vem. O alemão está acostumado a assinar acordos de longa duração. A recusa dessa primeira oferta, no entanto, não põe fim nas conversas entre piloto e equipe.

Leia Também: Piloto é demitido de sua equipe na Nascar após comentário racista em live