Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Fórmula 1: sete equipes divulgam abaixo-assinado contra Ferrari e FIA e ameaçam ir à Justiça

Na manhã desta quarta-feira (4), sete das dez equipes que competirão no Mundial de Fórmula 1 deste ano divulgaram um abaixo-assinado protestando contra a Ferrari e a Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

Mercedes, Red Bull, McLaren, Alpha Tauri, Williams, Renault e Racing Point publicaram quase que ao mesmo o comunicado em suas redes sociais. As únicas que não se manifestaram foram Haas e Alfa Romeo, que possuem parceira com a equipe italiana na Fórmula 1.

Fórmula 1: equipes estão chocadas com acordo confidencial

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos, Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, em primeira mão.

A insatisfação das equipes é com relação às inspeções feitas pela FIA nos motores da Ferrari usados no segundo semestre do ano passado.  A unidade de potência da equipe italiana deu um salto de qualidade nesse período, gerando desconfiança da Red Bull. Dessa forma, o time austríaco pediu que uma investigação fosse aberta.

Leia também: Fórmula 1 Já Decidiu O Que Fazer Caso Equipes Não Possam Viajar Para A Austrália Por Conta Do Coronavírus

Red Bull reclamou do motor da Ferrari em 2019. Crédito: Twitter oficial da Fórmula 1
Red Bull reclamou do motor da Ferrari em 2019. Crédito: Twitter oficial da Fórmula 1

Na última sexta-feira (28), a FIA anunciou que após investigações técnicas chegou a um acordo com a equipe italiana sobre o motor 2019, mas não divulgou os termos. Segundo o comunicado, a Ferrari firmou uma série de compromissos técnicos para melhorar o monitoramento dos motores.

No entanto, as especificações desse acordo foram mantidas em sigilo entre as partes e não foi informado se houve ou não irregularidade. Tal sigilo foi o que gerou a revolta e desconfiança da maioria das equipes.

Leia também: Piloto Brasileiro É Chamado Às Pressas Para Testes E Surpreende Com Tempos

Se dizendo chocados, os sete times que divulgaram o abaixo-assinado cobrando lisura na entidade que rege o automobilismo mundial. As escuderias exigem uma explicação completa da FIA e disseram que estão dispostos a levar o caso para a Justiça.

Fórmula 1: motor ferrarista gerou desconfiança

Na segunda metade da temporada passada, as unidades de potência que empurravam os carros de Sebastian Vettel Charles Leclerc mostraram grande evolução. Os monopostos vermelhos chegaram a ganhar até meio segundo de vantagem nas retas.

Após a reclamação da Red Bull, nas corridas finais a equipe não conseguiu manter o bom desempenho e nesta pré-temporada também não apresentou grande performance.

Fórmula 1: Por Conta De Coronavírus, Ferrari Diz À FIA O Que Precisa Para Viajar À Austrália