Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Fórmula 1: corrida do bicampeonato de Mika Hakkinen será reprisada nesta terça. Saiba onde assistir

Para matar a saudade dos fãs de Fórmula 1 que, assim como milhões de brasileiros, estão em isolamento social por causa do coronavírus, o SporTV reprisará mais uma corrida nesta terça-feira (8). Parte do projeto Túnel do Tempo, a prova escolhida foi o Grande Prêmio do Japão, disputado em 31 de outubro de 1999.

O VT completo, que será exibido às 17 horas, pelo canal SporTV2, será o da prova que deu ao finlandês Mika Hakkinen seu segundo título na Fórmula 1. Durante a temporada, o piloto da McLaren viu seu principal oponente mudar após Michael Schumacher quebrar a perna em um acidente no GP da Inglaterra. Com isso, coube ao irlandês Eddie Irvine tentar quebrar o jejum ferrarista.

Fórmula 1: temporada começou com vitória de Irvine

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos, Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, em primeira mão.

Leia Também: Há 17 Anos, Brasil Recebia 700º GP Que Teve Chegada Confusa E Forte Acidente De Alonso

A temporada iniciou com Hakkinen, campeão ao ano anterior, brigando pelo segundo título. Na prova de abertura, na Austrália, ele abandonou e a vitória ficou com Irvine, que naquele início de campeonato não tinha maiores pretensões do que ser escudeiro de Schumacher.

Disputa do título da Fórmula 1 em 99 terminou para o alemão nessa batida. Crédito: reprodução YouTube
Disputa do título da Fórmula 1 em 99 terminou para o alemão nessa batida. Crédito: reprodução YouTube

Após um oitavo lugar na prova de abertura (posição que não valia pontos na época), o alemão conseguiu quatro pódios nas quatro provas seguintes, sendo duas vitórias. Nesse mesmo período Hakkinen também venceu duas, chegou em terceiro em outra e sofreu um abandono.

Nas duas etapas seguintes, Canadá e França, Hakkinen venceu mais uma e chegou em segundo em outra, enquanto que Schumacher somou apenas dois pontos. Eles então chegam para etapa de Silverstone, na Inglaterra, onde o campeonato acabaria para o alemão.

Fórmula 1: acidente de Schumacher muda os rumos do campeonato

A etapa inglesa era a nona do campeonato e Mika estava na liderança com oito pontos de vantagem para o alemão, que por sua vez tinha seis de frente para Irvine. Logo nas primeiras curvas, Schumacher, que havia largado em segundo ficou sem freios e bateu de frente, a mais de 100 km por hora. O resultado foi uma fratura na perna e seis corridas, das oito que restavam, fora.

Já sabendo que seu principal piloto estava com uma grave lesão, a Ferrari passou a apostar as fichas em Irvine. Com o abandono de Hakkinen e o segundo lugar conquistado, o irlandês alcançou Schumacher na pontuação e a diferença entre o líder e um piloto ferrarista se manteve em oito pontos.

Fórmula 1: com ajuda de Schumacher, Irvine assume a liderança

A condição de primeiro piloto animou Irvine, que venceu as duas corridas seguintes e enquanto Schumacher se recuperava, ele foi descontando a diferença, até que após o GP da Itália os dois estavam empatados com 60 pontos. Restavam três corridas para o termino da temporada.

O quinto lugar no GP da Europa, aliado ao um sétimo do ferrarista deixou o piloto na McLaren com dois pontos de vantagem. Mas Irvine teria uma preciosa ajuda na corrida seguinte, na Malásia. Schumacher estava recuperado e pronto para fazer o papel de escudeiro.

E assim aconteceu: Schumacher após assumir a liderança, deixou o companheiro passar e ainda manteve Hakkinen atrás de si. Após a quarta vitória na temporada, Irvine assume a liderança e abre quarto pontos de frente.

Há 19 anos Montoya dava um chega pra lá em Schumacher, mas tinha um Verstappen no caminho

Mas quase que o campeonato terminou ali mesmo, uma vez que os carros da Ferrari chegaram a ser desclassificados por supostas irregularidades nos defletores. Assim o título ficaria com Hakkinen. Mas a equipe italiana recorreu e conseguiu recuperar os pontos.

Fórmula 1: Hakkinen tem atuação dominante e chega ao bi

Chegando a Suzuka, prova que será reprisada nesta terça, Schumacher até que tentou dar mais uma ajuda e fez a pole, enquanto que Irvine, que bateu no treino, largou apenas em quinto. Hakkinen, o segundo colocado no grid, ultrapassou o alemão logo na largada para fazer uma prova dominante e garantir o bicampeonato.

Hakkinen vence e se torna bicampeão de Fórmula 1. Crédito: Reprodução YouTube
Hakkinen vence e se torna bicampeão de Fórmula 1. Crédito: Reprodução YouTube

Com o segundo lugar do alemão e o terceiro de Irvine, a Ferrari ao menos pode comemorar o título de construtores. A corrida também marcou a despedida de Damon Hill da categoria.

Leia também: Fórmula 1 ganhará uma nova equipe em 2021