Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Marco Feliciano rebate Faustão após polêmica em rede nacional

O apresentador, que não citou nomes, fez um desabafo ao lado dos seus convidados

O deputado federal Marco Feliciano se pronunciou nesta terça-feira (8), sobre a polêmica na qual Faustão se envolveu no último domingo (6). Durante o seu programa, o apresentador falou sobre a atual situação política do Brasil e classificou como imbecil aquele que “está lá e não devia estar”, disse Faustão sem citar nomes.

“Chamo a atenção de todos vocês para os novos rumos da Rede Globo. Parece que devido ao grande sucesso dos Trapalhões de antigamente, alguns artistas e apresentadores estão buscando tomar o lugar deles. O mais novo candidato a Trapalhão é Faustão. No último domingo, ele usou expressões de mau-caráter se referindo a uma pessoa ou pessoas às quais covardemente evitou dar nome. No contexto do que ele diz, qualquer criança seria capaz de identificar. Ou foi uma grosseira alusão ao presidente Bolsonaro ou ele generalizou e atacou toda a classe política”, protestou Feliciano.

De férias fora do Brasil, Faustão enviou um vídeo lembrando que o programa é gravado e se justificou:

“Em nenhum momento falei a respeito do atual presidente, muito menos dos eleitores”.

Marco Feliciano. Fonte: reprodução/Instagram

O apresentador disse que o uso da palavra “imbecil” foi direcionado de forma genérica para políticos que não estão preparados, não sabem porque estão lá e “acabam entrando na onda da vaidade” se esquecendo dos problemas do país.

“Esse foi o contexto e esse foi o objetivo do que falei”, diz o apresentador, destacando que cabe aos eleitos “governar para todo mundo” e aos não eleitos fazer autocrítica e uma “oposição coerente”:

Polêmica

Em crítica à política brasileira, a posição do comunicador viralizou e os internautas apontaram como uma indireta ao atual presidente da República, Jair Bolsonaro. “Faustão acabou de chamar Bolsonaro de imbecil”, disse uma seguidora. “Opinião é opinião, né? Respeitem”, afirmou outra.

O apresentador afirmou, sem citar nomes, que “o imbecil que está lá, e não devia estar, pode até ser honesto, mas é um idiota que está e está ferrando com todo mundo. Você paga imposto, o que você recebe? Vamos ver se esses novos ares vão mudar, tem que rezar para dar certo”, completou ele.