Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mais Lidas

Todo mundo comentando

Sofreu um acidente no trânsito? Veja o que fazer em cada situação

Assistas aos melhores vídeos clicando aqui
Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

Apesar do cuidado na direção ser uma obrigatoriedade de cada motorista, nem sempre é possível ficar livre de um acidente no trânsito. Ele pode ocorrer pelas mais variadas razões, como o óleo na pista, por exemplo. Por isso, é importante saber como agir em nessas situações. Veja o que fazer em caso de acidente.

Sofreu um acidente no trânsito? Veja o que fazer em cada situação
Sofreu um acidente no trânsito? Veja o que fazer em cada situação

Como agir em caso de acidente no trânsito

Acidentes com vítima

A primeira pergunta que deve-se responder é se existem vítimas. Afinal, esse vai ser o fator determinante sobre como proceder em cada caso.

Depois de avaliar a situação, é preciso tomar as devidas providências. Para tanto, alguns passos são fundamentais para que o motorista preserve seus direitos e cumpra com seus deveres decorrentes da colisão.

Desta forma, caso existam vítimas, ainda que sem gravidade, o primeiro passo é:

  • sinalizar a área,
  • providenciar imediatamente socorro ou atendimento especializado para as vítimas e
  • avisar a autoridade de trânsito.

É importante lembrar ainda que não se deve mover a vítima de um acidente de trânsito, pois qualquer movimentação pode prejudicar gravemente a pessoa que, em último caso, pode perder os movimentos do corpo.

Além disso, é fundamental que os carros permaneçam na disposição em que houve a colisão até a chegada a polícia.

Veja também: Manutenção: seu carro entrou em pane? Veja o que pode ser

Acidentes sem vítimas

Em caso de acidente sem vítima, o principal erro dos condutores é a não retirar os veículos envolvidos da via, o que termina por aumentar o trânsito no local de forma considerável e prejudicar todos os outros motoristas.

Vale lembrar ainda que, deixar os veículos colididos na via, constitui infração média. Ou seja, além de arcar com os prejuízos do acidente de trânsito, o motorista ainda terá que arcar com os valores oriundos da multa que possivelmente levará se não retirar o veículo da via.

Apesar da obrigatoriedade da retirada do carro, o motorista pode ter atitudes que facilitem a análise da culpabilidade do acidente para apuração de danos, através de atitudes simples, como:

  • fotografar os danos,
  • anotar as placas,
  • nome da rua,
  • número do imóvel próximo, e
  • coletar o nome e contato de eventuais testemunhas.

Em caso de falta de vítimas decorrentes do acidente de trânsito, não é necessário acionar a autoridade de trânsito.

Vale lembrar que, nas duas situações o motorista deve comparecer até uma delegacia de polícia e fazer o registro de ocorrência relatando o fato.

Caso não possa comparecer pessoalmente, é possível fazer o registro diretamente no site do órgão de trânsito responsável, que pode variar de estado para estado e preencher todos os dados solicitados pela internet.

Vale destacar que BO virtual também é aceito pelas seguradoras.

Continue lendo: Carro batido: compensa acionar o seguro automotivo ou é melhor fazer conserto “por fora”?

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!