Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mais Lidas

Todo mundo comentando

Veja 9 maneiras de fazer manutenção no motor do seu carro

Assistas aos melhores vídeos clicando aqui
Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

Que o motor é o coração de um carro, todo mundo sabe. Mas nem todos os motoristas sabem como cuidar dele e evitar sérios prejuízos no futuro. Por ser um peça fundamental para o funcionamento do veículo, ele precisa de manutenção periódica uma vez por ano ou a cada 10.000 km, no mínimo.

Com isso, alguns cuidados básicos devem ser tomados. Entenda:

Veja 9 maneiras de fazer manutenção no motor do seu carro
Veja 9 maneiras de fazer manutenção no motor do seu carro

Como fazer a manutenção preventiva do motor

Confira agora como fazer a manutenção preventiva do motor.

1 – Limpeza dos bicos injetores

A equipe técnica da Magneti Marelli recomenda a limpeza dos bicos injetores nos seguintes casos:

  • Quando o veículo apresenta dificuldade na partida;
  • Quando o consumo de combustível está elevado.

A necessidade da troca da válvula é feito por meio de um diagnóstico com equipamento especial, que mede a quantidade de combustível injetado.

Em caso de diferença entre os injetores é preciso fazer equalização, com uso de uma máquina específica para isso.

2 – Injeção direta

Além do cuidado com a injeção indireta, recomenda-se a manutenção da injeção direta.

Afinal, a alimentação do combustível é pressurizada a 200 bar e os injetores devem ser verificados quando há sinais de mau funcionamento.

Algumas válvulas de injeção podem ser reparadas através da troca de seus componentes com a identificação tanto do problema, quanto do reparo necessário.

3 – Óleo do motor

Ao fazer a troca do óleo do motor é importante que os motoristas verifiquem qual é o óleo indicado pelo fabricante. Essa informação consta no manual do veículo.

Outra recomendação é fazer as trocas de óleo dentro do prazo e nunca apenas completar o óleo.

Além disso, em caso de vazamentos, é importante fazer o reparo o quanto antes. O ideal é trocar o óleo, bem como o filtro de óleo, para prevenir a contaminação do lubrificante novo por impurezas do filtro velho.

4 – Mangueiras

Alguns componentes feitos de borracha que estão presentes no cofre do motor, como mangueiras de combustível e radiador, envelhecem com o tempo e devem ser verificados. A troca preventiva deve ser feita a cada 5 anos.

Passado o prazo, esses itens podem ressecar e criar fissuras que prejudicam o bom funcionamento do veículo e podem gerar grandes prejuízos.

Leia também: Como cuidar do câmbio automático em 5 passos

5 – Velas

Esse é uma peça que tem sua vida útil pré-determinada pela montadora e disposta no manual do carro.

Algumas fabricantes recomendam a troca da peça a cada 10 mil km rodados ou anualmente.

No entanto, é preciso verificar os prazos indicados no manual que foram feitos baseados com o teste de cada carro.

6 – Turbo

Geralmente o turbo dispensa manutenção.

Os fabricantes garantem vida útil de até 200.000 km, desde que seja utilizado corretamente. Ou seja, as trocas de óleo motor devem ser feitas no período previsto no manual do proprietário, uma vez que utiliza o mesmo lubrificante.

7 – Correia dentada

Este componente deve ser trocado conforme a indicação da fabricante do veículo no manual do proprietário.

O desgaste que acontece nos rolamentos auxiliares e esticadores acompanha também o da própria correia.

Assim, para evitar que a nova correia sofra desgaste diferente da anterior, em razão de vícios dos componentes que trabalhavam no conjunto antigo, é recomendada a substituição de todas as peças do conjunto de sincronização.

8 – Radiador

Esse é um item que, se negligenciado, pode gerar inúmeros transtornos e prejuízos financeiros.

Apesar de tão importante, os cuidados com o radiador são bem simples. Basta se assegurar de que a água está com a proporção correta de aditivo, especificada pela montadora no manual do veículo.

Além disso, deve ser dada atenção à manutenção do sistema de arrefecimento completo, a fim de garantir a estabilidade da temperatura de trabalho do motor.

Desta forma, quando a temperatura em operação está baixa demais ou acima do previsto, a revisão e manutenção são recomendadas.

9 – Filtros

Alguns elementos devem ser trocados uma vez ao ano, como forma de manutenção preventiva do motor. São eles:

  • filtros de ar,
  • filtro de óleo,
  • filtro de combustível,
  • filtro de ar-condicionado.

Fazendo a manutenção preventiva do motor é possível garantir não apenas o bom funcionamento do carro, mas também a segurança de não ter gastos extras com troca de peças e retífica do motor.

Veja mais: Como fazer a manutenção veicular e ter o carro sempre novo

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!