Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Mais Lidas

Todo mundo comentando

Está na hora de fazer manutenção na suspensão do carro? Confira os sinais

Assistas aos melhores vídeos clicando aqui
Não perca nenhum conteúdo de nosso Blog. Clique no botão abaixo e fique atualizado!

A suspensão é o sistema responsável por amortecer e manter a estabilidade do veículo em manobras e frenagens, e ao passar por lombadas, buracos e ondulações na pista.

Estar alerta aos sinais de que a suspensão precisa de cuidados é fundamental.

Veja agora os sinais de que está na hora de fazer a manutenção no sistema.

Está na hora de fazer manutenção na suspensão do carro? Confira os sinais
Está na hora de fazer manutenção na suspensão do carro? Confira os sinais

Sinais de que os amortecedores precisam ser substituídos

Alguns sinais deixam claro que está na hora do motorista levar o carro para oficina e verificar a suspensão. Entre eles estão:

  • Ruídos
  • Solavancos
  • Balanços excessivos
  • Falta de contato dos pneus com o solo
  • Sinais de desgaste nos pneus

Peças que compõem a suspensão

A suspensão é composta por algumas peças que, em caso de desgaste, precisarão ser substituídas, como:

  • Coxim
  • Buchas
  • Bandejas
  • Amortecedores
  • Molas
  • Pivôs
  • Barra estabilizadora
  • Caixa de direção
  • Rolamentos de roda
  • Homocinética
  • Bieleta

Como prolongar a vida útil da suspensão do carro

Já que a suspensão faz parte de um sistema complexo, caso o motorista demore a verificar a saúde das peças pode ser que outros itens sejam afetados e comprometa ainda mais o conforto e a segurança dos passageiros.

Assim, o recomendado é que a suspensão seja avaliada a cada 10 mil quilômetros rodados.
Desta forma, o motorista evita o gasto com trocas de peças desnecessárias.

Leia ainda: Como fazer a manutenção veicular e ter o carro sempre novo

Problemas na suspensão podem reduzir a segurança veicular

Quando a suspensão está em más condições pode haver o desgaste irregular dos pneus, uma vez que os amortecedores não conseguem fazer a correta distribuição do peso do veículo. Isso pode deixar o automóvel instável e causar acidentes.

Ainda que a suspensão esteja dentro do período de revisão, em caso de ruídos é recomendado buscar imediatamente auxílio profissional.

Afinal, buracos na pista, por exemplo, podem prejudicar a suspensão do veículo.

Por isso, se antecipar e levar o carro à oficina o quanto antes evita o desgaste de outras peças e o aumento dos custos com manutenção.

Quando fazer a manutenção dos amortecedores

Responsáveis por reduzir o impacto percebido ao transitar pela vias precárias e cheias de buracos, os amortecedores são as principais peças do sistema de suspensão.

Sendo assim, recomenda-se que sua manutenção preventiva seja feita a cada 40 mil quilômetros rodados ou caso o motorista perceba alguma irregularidade no funcionamento do componente.

Além disso, há outros itens que devem ser verificados junto com os amortecedores, como, coxim, batente e coifa.

Como o sistema de suspensão funciona

O sistema de suspensão do carro realiza o trabalho de suportar o peso da carroceria do veículo e manter uma distância pré-estabelecida entre o chassi e as rodas.

Quando em movimento, a suspensão mantém todas as rodas em contato com o solo através das molas e dos amortecedores.

Ou seja, esses componentes regulam toda a ação da suspensão. Assim, ao passar por um buraco, por exemplo, a mola se estica e se encolhe.

Já o amortecedor controla o movimento de oscilação da mola. Desta forma, essas duas peças, suspensão e amortecedor, distribuem o impacto gerado pelos buracos na via. Portanto, aumentam o conforto e mantêm a estabilidade.

Veja também: Tabela Fipe: Como escolher um carro para comprar? Dicas que vão facilitar a sua vida

Para obter mais conteúdos siga o Diário Prime no Google News. Quer se avisado de graça sobre os melhores conteúdos em primeira mão? Receba Nossas Notificações Aqui!