Diário Prime o portal de notícias de Mato Grosso!

- Publicidade -

Baiano, Thiago Varella se inspira no Rio no clipe de “Vejo Mais”

Carioca foca na vibe praiana no segundo single da carreira.

Veja Mais. Foto: Divulgação

Com uma pegada sublime, Thiago Varella é amor. Aos 25 anos, o baiano radicado no Rio de Janeiro lança nesta quinta-feira (11) seu segundo single, “Vejo Mais”, que chega acompanhado de clipe dedicado. O vídeo mostra Thiago em clima de descontração, ambientado por um casal de bailarinos ao fundo.

Com tom praiano, Thiago revela um trabalho que há muito tempo vem sendo pensado. Compondo desde os doze anos de idade, o artista usou o tempo à seu favor para amadurecer e se reconhecer enquanto ser humano. “Eu canto desde os oito anos e componho desde os doze. Minhas músicas são motivadas pelos meus sentimentos, histórias e dores. Na verdade, a música é a forma como eu uso para contar minhas histórias”, revela o artista.

Morador de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, Thiago revela que o trabalho por trás de “Vejo Mais” está no pensamento do descanso e da tranquilidade. Com melodia calma, o clipe faz reunir os amigos na praia. “A ideia do clipe é construir uma atmosfera de descanso e tranquilidade, reunindo os amigos para aproveitar um dia na praia, algo que todos os cariocas acabam fazendo vez ou outra”.

Siga o Diário Prime no Google News. Receba de graça os melhores conteúdos como TV Online , Loterias, Futebol ao Vivo, Finanças, Forex, tudo em primeira mão!
Veja Mais. Foto: Divulgação
Veja Mais. Foto: Divulgação

Apostando na simplicidade, o conceito do vídeo é enaltecer a beleza em situações que, normalmente, passam despercebidas mediante à correria do dia a dia. “A ideia é mostrar que na simplicidade vemos e vivemos coisas incríveis. Vejo mais é uma canção que fala do futuro, de superar tempestades e acreditar na vida, na alegria, tendo forças pra seguir em frente”, desabafa o cantor.

Sobre a ideia de trazer bailarinos para o clipe, Thiago comenta que sempre teve uma relação de intimidade com a dança, e que foi uma maneira de externalizar esse sentimento. “Eu sempre tive uma ligação com a dança, e eu acredito que a dança traz o concreto da música. O sentimento é abstrato, a gente sente, se comove, mas não vê. A dança permite enxergar a essência concreta da canção. O movimento o toque , trazem realismo e mais doce e sensível que eu quiz passar com essa música”, finaliza o artista.

Confira “Vejo Mais”:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais