Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

UFC Tampa foi marcado por muita trocação; veja o que rolou!

O UFC deste sábado, foi marcado por muita trocação. Apesar de toda a provocação de Michelle Waterson contra a polonesa Joanna Jedrzejczyk, reclamando que queria lutar pelo título dos pesos palha. No entanto o que vimos foi um passeio da polonesa sobre a americana.

Já na luta do Gracie, não foi possível ver nada de solo, mas os dois lutadores buscando a todo tempo o nocaute.

UFC Tampa foi marcado por muita trocação
UFC Tampa foi marcado por muita trocação

Joanna Jedrzejczyk quebra jejum de derrota no UFC

A luta do feita por Joanna Jedrzejczyk no UFC, foi decisiva na carreira da atleta. Isso porque ela vinha de uma série de 3 derrotas nas últimas 4 lutas. Por outro lado tínhamos a Waterson, que vinha de uma série consecutiva de 3 vitórias.

Waterson que tinha interesse em disputar o título, foi passada no moedor por Jedrzejczyk. Assim a polonesa bateu do início ao fim e venceu por decisão unânime dos juízes.

O primeiro round, foi muito mais estudo de luta. A polonesa buscava a trocação enquanto a americana queria levar a luta para o chão.

Desta forma, logo nos primeiros segundos de luta a Waterson tentou uma queda em Jedrzejczyk, mas sem sucesso.

No final do primeiro assalto, a polonesa entrou no jogo de Waterson e a jogou na grade. Assim, aplicou diversas joelhadas na americana.

O segundo assalto iniciou com a polonesa golpeando as pernas de Waterson. A americana por sua vez, esperava uma oportunidade para levar a luta para o chão. Mas a polonesa estava com uma defesa de quedas muito bem treinada.

Waterson, que neste momento já estava com o rosto ensanguentado, buscava encurtar ao máximo o espaço, para fugir dos golpes lançados pela polonesa.

No terceiro round, a americana já mostrava sentir os chutes levados nas pernas durante toda a luta. Joanna percebendo isso, seguiu com uma sequência de golpes, sem dar nenhuma chance a Waterson.

Joanna até chegou a levar a luta para o solo, mas sem efetividade.

Em uma brecha da polonesa, Waterson conseguiu mochilar e aplicar um estrangulamento, no entanto foi bem defendido por Joanna.

E assim seguiu até o fim da luta, Joanna aplicando boas combinações com chutes baixos e altos. Mas quando a americana tentava aproximar, era recebida com joelhadas e cotoveladas muito bem aplicadas.

A luta ainda teve uma pausa para que Joanna recebesse tratamento no pé. Teve uma lesão de tantos chutes aplicados e estavam visivelmente inchados. Entretanto, isto não foi motivo para que ela parasse a sua ofensiva.

Gracie sem solo

Todos que assistiram a luta do Kron Gracie, esperavam ver um jiu jitsu técnico e eficiente. No entanto, na luta de sábado não vimos nada de solo.

Mas, isso não foi sinônimo de uma luta monótona. Pelo contrário, a luta do Gracie ganhou a premiação de luta da noite,

A luta foi intensa em trocação do início ao fim. Já no fim da luta, os dois lutadores já demonstravam cansaço e determinação.

Isso porque, mesmo os dois estando profundamente cansados, buscaram a vitória até o fim. Mas, infelizmente para o Gracie, os juízes declararam o Cub como vencedor do duelo.

No entanto, Kron Gracie não saiu de mãos abanando, já que ganhou o prêmio de luta da noite, pelo UFC, que é 50 mil dólares.