Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

- Publicidade -

Fórmula 1: Treino no GP do Japão será nessa manhã de domingo; tufão causa adiamento!

O 3° e classificatório treino de Fórmula 1 para o GP do japão que aconteceria neste sábado, teve que ser adiado por conta de um tufão que passa pelo Japão.Desta forma, o treino classificatório será realizado na manhã do domingo, antes do início do GP.

O treino começa na manhã do domingo, as 10h da manhã, horário do Japão, ou seja, às 22h no horário de Brasília.A corrida no entanto, tem largada marcada para às 14h, horário do Japão ou 2h da manhã no horário de Brasília.

Fórmula 1: Treino no GP do Japão será nessa manhã de domingo; tufão causa adiamento!
Fórmula 1: Treino no GP do Japão será nessa manhã de domingo; tufão causa adiamento!

Fórmula 1 cancela 3° treino

Devido a aproximação do tufão Hagibis, toda a programação do GP de Fórmula 1 do Japão, teve que ser alterado.

Assim, a Mobilityland e a Federação Japonesa de Automobilismo decidiram por cancelar todas as atividades na pista, com o intuito de preservar pilotos, espectadores e demais em Suzuka. A FIA e a F1 apoiaram a decisão.

O tufão que alcançou Suzuka na sexta a noite, com ventos de até 52 km/h.

Já hoje os ventos chegaram a incríveis 160 km/h, acompanhado de muita chuva. Sendo assim, foi impossível realizar a treino livre classificatório.

Desta forma, caso não consiga haver o treino classificatório, ficará valendo os tempos feitos no segundo treino, que aconteceu na sexta feira.

Mas, esta não foi a primeira vez que um tufão atrapalhou a programação do GP do Japão de Fórmula 1. Na verdade, por duas vezes ele já foi adiado por este motivo e teve o terceiro treino livre no mesmo dia da corrida. Primeiramente foi adiado em 2004, e quem levou a melhor foi o Michael Schumacher. Depois em 2010 com Vettel garantiu a vitória.

Segundo treino livre

Caso não haja um terceiro treino livre, quem leva a melhor são as Mercedes. Isso porque no segundo treino livre deu dobradinha da equipe, com Bottas em primeiro e Hamilton em segundo. Assim, a distância de Hamilton para o seu companheiro de equipe é de 0s100.

A surpresa no entanto ficou com o terceiro lugar, já que a posição foi ocupada pela equipe da Red Bull, representada por Max Verstappen.

Já o quarto e quinto lugar, foram ocupados pelo time da Ferrari, com Charles Leclerc ocupando a quarta e Sebastian Vettel na quinta colocação.

Assim, com todos buscando o melhor tempo, já que este poderia se tornar o treino classificatório, se esperavam sustos na prova. Entretanto, o segundo treino livre da Fórmula 1 aconteceu de forma bem tranquila.

O único susto que teve foi envolvendo o Bottas, que rodou na última curva, mas sem bater em nada. Assim, logo depois conseguiu retomar o controle do carro e voltar a pista.