Anitta relata sobre carreira internacional e faz desabafo sobre depressão, em documentário da Netflix

0
289

O aguardado filme documentário “Vai, Anitta” teve sua estreia no dia de ontem, sexta-feira, 16 de novembro, na plataforma de streaming Netflix e exibiu várias revelações da adorada cantora brasileira. Uma dessas revelações foi que a cantora Anitta sofreu de depressão logo depois de ter lançado a música “Vai Malandra”, a última pertencente ao projeto Check Mate.

“Quando consegui que todo mundo falasse de mim depois do ‘Vai, malandra’, depois que passei a bombar lá fora, eu estava casada, eu tinha tudo para estar feliz, percebi que tinha algo de errado, porque não estava. Eu estava mal, e aí eu entendi que a minha depressão tinha voltado”, confessa a cantora.

Em um dos instantes no qual ela surge mais abatida, Anitta emenda:

“Na verdade não tinha voltado [a depressão], mas não tinha me deixado. Estava passando por vários problemas, muita pressão na carreira. Meu pai indo pior no trabalho, meu irmão tinha largado a faculdade por minha causa, foi a primeira vez que tive depressão na minha vida”.

Um dos fios condutores desse documentário, que está repartido em seis pedaços, é o projeto Check Mate – que gerou algumas parcerias internacionais, como, por exemplo, com Alesso e J Balvin, e a auxiliou bastante na projeção para o mercado internacional.

“Esse projeto foi o principal para começar minha carreira internacional. Foi com o Check Mate que tudo fora do Brasil começou a acontecer. Então é da importância desse projeto que a gente vai falar nessa temporada”, falou Anitta em coletiva de imprensa antes do lançamento da série.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here